Palavras


     Quando não se quer falar ou escutar, o silêncio basta!
     Ele basta pelo nada se fazer presente. 
     Só o som do vento, da respiração e até mesmo o som do coração podem suprir a presença de palavras. E quando se sentir preparado, escute ou fale, deixando que as palavras jorrem e invadam a sua mente, elas lhe farão o bem necessário, mas também poderão abrir feridas que ficarão em carne viva!
     São poucos os que sabem ouvir e falar, a mim que pouco sei das palavras resta-me apenas usa-las através da escrita porque ditas se tornam preces; não é a grandeza de um ser humano, ou até mesmo os seus títulos ou diplomas, que lhe farão mestre em palavras, mas sim a simplicidade da sua alma. 
     Temos dois ouvidos e apenas uma boca, isso é para que nos tornemos mais gente e menos animal; falar é importante, mas não tão importante quanto ouvir, saber apreciar aquilo que o outro tem a dizer, palavras duras, sinceras ou mentirosas, palavras manipuladoras… enfim, palavras. Ser sábio é fundamental para que a embriagues das palavras não lhe torne um assassino de almas; é preciso direcionar a pessoa certa, no momento certo a palavra certa.
     Não deixe de usar as palavras porque alguém, algum dia, com elas lhe feriu. Elas não tem culpa de absolutamente nada! Esse fato se transcorreu porque algum ignorante, amador, que se acha dono de algo que foi simplesmente lhe concedido para atemorizar quem ele deveria incentivar. 
     Use as palavras como sua grande aliada e com ela derrube gigantes. Palavras só são meras palavras se ditas por meros simpatizantes.


Beijinhos, Lila
Anúncios

Sentimento…

Sentimento para mim é documento e você nunca esconderá no seu olhar, terá no seu olhar.
Armandinho



Eitaa assunto clichê para tratar em um blog. Pode ser que sim, pode ser que não! Se você espera que as minha palavras te levem a uma viagem direta a companhia da pessoa que ocupa seus pensamentos, pode fazer o favor de dar licença e passar esse link a alguém que entenda o que de fato é sentimento, para que compartilhe comigo essa ideia.

Aurelicamente falando sentimento é o ato de sentir que significa ter alguma sensação, receber alguma impressão por algum dos sentidos… em fim, acho que com essas poucas definições limitamos a proporção dessa palavra e concentramos nossos neurônios ao que deve ser dito.
Já percebeu que algumas pessoas morrem de medo ao ouvirem falar em sentimento? Creio que também já tenha ouvido falar em pessoas que rapidamente mudaram diante de alguma situação, pois se sentiram de uma forma diferente! Confuso? Deixe-me explicar.
A música de Armandinho (salve, salve aos que curtem) é clara e fatídica ao dizer que sentimento é algo sério e que não é possível esconder. Parou! Ta achando que eu estou falando dos seus sentimentos pela guria ou pelo garoto que você conheceu a uma semana e já está apaixonada?! Calma, tecnicamente o ato de sentir não se aplica apenas nessa situação, por tanto, merecidamente, vamos ser abrangentes e sinceros ao ler isso aqui.
O ato de sentir não só é, como deve ser a expressão de como nos sentimos perto de alguém, passando por alguma situação, onde sempre será oriundo de alguma coisa, não sentimos algo só por sentir, nem me venha com esse argumento mequetrefe. 
Documento é algo sério e eu tenho certeza que você não guarda o seu atoa. Assim muita gente deixa atoa o sentimento que deve ter por si, o sentimento que deve ter pelo próximo, entre outros. Essas pessoas costumam ocupar-se sentindo, mas sentindo da forma errada, raiva, ódio, infelicidade, carência, entre outras coisas. 
Todo sentimento aplicado a momentos ruins podem ser revertidos por sentimentos bons, dá para praticar a ação de sentir, sentindo da maneira certa. Vamos deixar o moralismo de lado e sentir mais, sentir amor, alegria, agonia, tranquilidade, sono, fome. Administre melhor as suas formas de sentir e cuide para que elas não afetem as suas atividades diárias. Cuide para que sentimentos se renovem a cada dia, lhe dando a chance de viver o inesperado.

Si em Si




Sabe aquele dia em que a disposição para executar atividades do dia a dia é nula? 
Se você é um ser humano, sem o moralismo da estabilidade emocional de forma continua, talvez entenda as palavras que vem a seguir… Partir – Mundo – Jogar!
Frequentemente é possível ouvir as pessoas dizerem que não está fácil para ninguém, mas quando você entra no seu mundo a única visão que consegue ter é de que você está partindo e quanto mais pessoas invadem o seu espaço, o seu eu, a sua intimidade, mais elas jogam no mundo aquilo que deveria pertencer apenas a você!
Covardia esse mundo né?! Tira pedaço por pedaço de você, tornando sua luta cada vez mais difícil na tentativa de se manter inteiro ou pelo menos com 90% daquilo que lhe compõe. Mas de fato, é o mundo ou é a vida que lhe da todos esses empurrões? Será que é bom saber? Ou será que bom mesmo é se recolher? 
Não, nem pense em deixar uma lágrima se quer cair do seu rosto! Abrigar-se em si no intuito de se distanciar do mundo não é abrir a torneira e passar dias debaixo do cobertor, com olheiras e lamentando o confinamento que a vida tem lhe obrigado a viver. Ei! Levanta a cabeça! Reorganizar o que se passa dentro de você é dar um tempo pra você, ouvir mais você, falar menos e sentir mais, ter a coragem de buscar dias de tranquilidade.
Quem disse que é fácil? E quem aqui falou que partir do mundo e se jogar em você é sofrer sozinha a solidão que te abraça? Para de drama! Se arruma e dança! Dança com a vida, porque por mais que nesse momento você esteja na pausa para troca de música, quando voltar a dançar irá tomar todo o salão.

Time


 Não tenho tempo pra mais nada, ser feliz me consome muito.   


Clarice Lispector 




           O tempo é difícil de ser administrado, e na maioria das vezes torna qualquer um impaciente; o tempo é algo extraordinário que necessita de sabedoria para ser bem utilizado.
               O tempo cura feridas, o tempo afasta os maus sentimentos, o tempo traz respostas, o tempo…


              Existem coisas que precisam de prioridade e por isso requerem um pouco mais de tempo; se você tem um objetivo é preciso gastar umas certas horas para alcança-lo. Se ama alguém é super provável que gaste alguns minutos pensando no seu amado (a). Se você está com problemas precisa de segundos para soluciona-los. Com uma família e pessoas que te amam é preciso gastar mais tempo do que o acostumado, elas terão muito a acrescentar na sua vida.
              Não é difícil entender o que se é pra entender quando se entende que nada é por um acaso, que tudo o que acontece na vida contribui para algum fato. Onde por mais que a dor seja visível e que não seja mais possível esconder o quanto se está sofrendo, tudo acontece para lhe tornar mais forte quando algo pior estiver por vir, ou que talvez seja preciso aprender algo… É preciso deixar a encargo do tempo as respostas daquilo que se quer, enquanto isso gaste seu tempo vivendo e não espere para ser feliz.

Vivendo em um filme

                Já reparou que a maioria dos filmes de comédia romântica sempre terminam com um final feliz? Isso é de irritar alguns seres humanos na maioria das vezes. Como uma historia que tinha tudo pra dar errado e acabar com a vida de alguém pode se tornar a historia mais linda, mesmo com todos os problemas? 
            Essa é a questão! Todas as historias podem terminar com um final feliz só depende das escolhas feitas ao longo da vida, porque uma historia só termina quando o protagonista deixa de existir. Tudo bem que em um filme as histórias parecem surreais, mas a sua história em alguns momentos também parece ser coisa de outro mundo.
             E mesmo com toda essa loucura você ainda se pergunta como escrever a sua historia?             Apenas VIVA, não siga uma vida monótona, afinal os grandes filmes sempre são os de roteiro inesperado. Modifique a sua rota, mude alguns costumes, esqueça o passado guardando somente aquilo que convém ser lembrado, saia o quanto puder, se divirta até das situações constrangedoras e esteja sempre de braços abertos esperando um novo amor. Se você tem uma comédia romântica preferida e ama como a historia termina, assista o filme e tente imaginar a sua vida naquele roteiro, mas claro, adaptado a sua realidade. O que está esperando? O grande amor da sua vida pode estar te esperando em qualquer lugar ou a grande oportunidade da sua vida de realizar o seu maior sonho esteja bem ali na esquina.                       Levante-se e apenas VIVA.

Dúvidas


             A dúvida é a ausência da convicção, e essa é uma condição psicológica, então muito cuidado ao duvidar de algo e mais cuidado ainda quando decidir algo.Existem milhões de dúvidas em relação a milhões de assuntos, que envolvem desde a sua vida pessoal até a filosofia, religião e métodos científicos. Não existe o ser mais instruindo do mundo que não tenha um questionamento.

              Ter dúvidas sobre o que se quer para toda a vida é natural até porque você não tem nenhuma bola de cristal para adivinhar o que vai acontecer daqui a dois dias, imagina daqui a uns 15 anos. Mas ter certeza de onde se quer estar e o que se quer fazer já é o começo para extinção de algumas de suas incertezas em relação a vida; Se você tem dúvidas em relação a alguma ideologia, pesquise, procure fatos que comprovem aquilo.
            Duvidar nem sempre é tão ruim, a dúvida é o principio do conhecimento, mas a dúvida só se torna o principio do conhecimento quando você busca as respostas, e não se acomoda e espera que todas elas caiam do céu, até porque este fato é impossível, a única coisa que caiu do céu nos traz prejuízo até hoje. Se você tem dúvidas tire um bom tempo para pensar em todas elas, tenho certeza que todas as respostas estão bem na ponta do seu nariz, só esperando que você espirre e as ache.



P.S.: Se você tem alguma dúvida e acha que ela daria um ótimo texto, mande para mim, eu tentarei ao máximo trazer uma resposta, com tanto que você duvide de tudo o que eu disser, afinal bom mesmo é poder comprovar aquilo que se acredita.

Janeiro: O que rolou?


               Para quem não estava ligado no blog no mês de Janeiro eu vou contar mais ou menos o que aconteceu e o que movimentou o blog nesse primeiro mês do ano que nos deu adeus. 
              O Pensamentos Casuais passou por grandes mudanças, não porque a Lilinha aqui quis, mas por necessidades do mundo virtual. Vamos lá, antigamente a plataforma do blog era WordPress e o domínio da Uol Host, eu amava de verdade a plataforma, mas eu tinha que pagar uma hospedagem que nem sempre atendia as minhas exigências e quando encontrava uma perfeita, ela se tornava distante do meu bolso. 
               Antes da metade do mês percebi que seria impossível permanecer dessa forma, então mudei todo o blog para plataforma Blogger, onde me encontro novamente feliz e satisfeita, reaprendi a usar essa ferramenta e não me arrependo de ter feito a escolha. Segue para vocês os posts de Janeiro de 2014, listados por maior visualização no mês. 
  1. Viver sem temer amar
  2. Tag: Conhecendo a blogueira
  3. Apps de edição de foto para Android
  4. Batons Avon Ultra Color Rich | Rosa Queimado e Cereja Intenso
  5. Na corda bamba
  6. Paciência é uma virtude
  7. Já ouviu fala na Banda Crombie
  8. Sonhar
  9. Primeiro Pensamento: Perdas

                   Posso dizer que o mês de Janeiro foi produtivo e que a minha postagem favorita foi o texto “Sonhar” e você de qual postagem mais gostou? Não deixe de acompanhar o blog, essa postagem se repete no primeiro dia de Março, te aguardo 😉