Resenha do livro: Histórias de sonhos da bíblia

Amoooo leitura, principalmente quando se trata de diferentes livros a serem lidos e estudados, embora eu tenho dado uma parada nessa aventura por conta da faculdade. Devido aos estudos acadêmicos fui obrigada a ler diversos livros relacionados a minha área por conta de pesquisas. Mas isso não vem ao caso!
Esse livro “História dos sonhos da bíblia” eu ganhei de presente de aniversário de colegas de trabalho, no meu niver elas se juntarão e comprarão pra mim, então antes de mais nada, Milene, Tainara, Ruana e Kelly, muito obrigada, esse livro foi muito útil, acrescentou a minha vida e tirou dúvidas.
O nome original do livro é Histoires de rêves de la Bible, escrito em 2005 pela Société Biblique Française e foi traduzido pela Sociedade Bíblica do Brasil. A princípio eu tive um pouco de preguiça de ler o livro, pois estava tendo dificuldade de me encontrar no livro, mas aos poucos eu fui entendendo a magia que estava por trás dele.
Durante os 9 capítulos do livro você vai se deparar com histórias de sonhos bíblicos e quais foram as medidas tomadas a cerca disso para que haja um entendimento completo da origem e motivos do sonho. Claro que para alguns o sonho tem todo o significado e para esses o livro se encaixa perfeitamente e fala constantemente sobre ter discernimento e sabedoria ao ter interpretação do sonho.
O mais interessante que achei, foi o livro iniciar com um boa noite e terminar com um bom dia. Um texto para iniciar, como se você estivesse lendo ele antes de dormir para iniciar o processo do sonho e um texto de finalização como se estivesse acordando de um sonho. 
Para mim sonhos possuem todo um significado e acredito que sonhos falam muito, mas as suas origens e o que ele quer dizer sempre me preocupam, costumo também não contar a todo mundo o meu sonho pois acredito que nem todos tem a capacidade de compreender o sonho alheio e podem opinar de forma negativa sobre coisas nocivas.
Separei a frase que mais me identifiquei do livro para que vocês tenham o gostinho do que eu vivi ao ler esse livro:
“Sonhos podem ser uma excelente ajuda para chegarmos a um maior conhecimento de nós mesmos e crescermos com isso. Nada e ninguém nos apresenta a nossa própria conduta, nossos desejos e nossos sentimentos com tanto talento e plástica do que os nossos sonhos.”
Tentem uma experiência com esse livro, garanto que não vão se arrepender. Boa Leitura!



Beijinhos Lila

Anúncios

Resenha: Festival de verão



                     Bom pessoas, vocês já devem saber que sou estudante de Gestão em eventos, eu contei sobre isso aqui. Como estudante faz parte do meu papel realizar visitas técnicas a locais onde serão realizados eventos, analisar as estruturas, verificar a grade de artistas, a viabilidade do evento, marketing, entre outros. 

               Aqui em Salvador acontece todo ano o maior festival de música do Brasil, isso quando se trata de um festival perene, tirando esse fator existem outros grandes festivais a exemplo do Rock in Rio. Eu realizei a visita técnica faltando 2 dias pro Festival de Verão.
                     O Festival foi um sucesso, na sua 16ª edição trouxe algumas mudanças e investiu em participações de peso, tanto no palco principal quanto nos palcos alternativos, eu não estive no festival, mas acompanhei algumas atrações através do Multishow, que a um certo tempo vem fazendo a cobertura do evento. Para alguns artistas as suas apresentações são como termômetro para o carnaval, saber o que está na boca do povo e o que tem feito sucesso, Divas e Divos da música baiana e nacional desfilaram pelo Palco 2014.
                    Nas fotos vocês vão conferir o espaço sendo montado e a grade de atrações, tanto do palco 2014 assim como dos alternativos, também deixarei uma play list dos momentos que mais me marcaram de cada apresentação no Palco 2014.
         Assim que todos estavam no espaço reservado as pessoas que fariam a visita técnica, fomos recepcionados pela Isa (acho que esse é nome dela), ela nos explicou a proposta da visita e logo passou a palavra para o Alex, um dos maiores idealizadores do Festival de Verão e junto com ela “Donos” da Sei Eventos. Ele falou sobre tudo que envolvia a cidade da música, tirou a dúvida da galera e explicou alguns processos para acontecimento do evento.
               Logo depois da palavra do Alex fomos andar pela cidade da música que se localiza no Parque de Exposições de Salvador. E o primeiro lugar que passamos foi o credenciamento, onde todos que trabalharam no evento tiveram que passar.

             Fizemos uma caminhada pelo espaço até chegarmos ao Camarote Fiori, não me lembro com detalhe de todos os lugares, mas da pra explicar os que mais prestei atenção para passar para vocês.
              Esse é o camarote Fiori e toda a sua visão, ele fica literalmente de frente para o palco e é possível ter uma visão de tudo que acontece por lá.
             Esse ano rolou uma novidade na estrutura, o piso foi trocado por um melhor que é o piso de propileno de alta resistência e proteção ao impacto. Um pouco caro, mas necessário e seguro.
             A primeira imagem é de cima do palco, onde ficam os clientes e futuros clientes do Alex, a segunda imagem é de trás do palco, o lugar onde o artista fica antes de entrar.
           Essa é a tenda, que nesse ano foi o Trident Music, onde vários Dj’s nacionais e internacionais tocaram.
Visão do palco para quem estava na pista.
Espaço Trident.
                    Sala de imprensa, o ultimo lugar em que o artista passa quando termina o seu show, toda mídia é mais do conveniente para um evento desse porte. 
Bom pessoas, teve todo um roteiro do caminho que o artista faz e por onde ele passa, mas eu não consegui registrar todo o percurso e como a visita faz exatamente uma semana do início do festival e eu só consegui escrever essa resenha durante essa semana, eu não me lembrei o nome de todos o lugares e nem todos os caminhos. 
                     Essa foi a grade de todos os palcos…
         E antes de deixar vocês com os melhores momentos, quero lembrar um lance que foi muito engraçado e assustador ao mesmo tempo, soltaram um dos fogos do palco na hora que Veveta estava perto, oh gente deu até dó dela do susto que Rainha do axé tomou, diz ela que ficou toda cagada, rsrs’. Olha ó:

                      Agora, sem demora, aproveitem os melhores momentos de todas as atrações que passaram no Palco 2014 e que venha o Festival de Verão 2015.